Wednesday, May 24, 2006

Os Bordados de Tibaldinho

Conhecidos desta freguesia são também os famosos "Bordados de Tibaldinho"!!!

Os bordados que actualmente se designam por bordados de Tibaldinho têm a sua origem numa área geográfica que compreendia várias aldeias do concelho de Mangualde e de Viseu. Eram executados nas freguesias de Alcafache, Fornos de Maceira Dão e São João de Lourosa. A freguesia de Alcafache era a que possuía mais e melhores bordadeiras, daí este bordado ser mais conhecido, primeiro por bordado de Alcafache e mais tarde (devido talvez à perfeição que as bordadeiras de Tibaldinho demonstraram), por bordados de Tibaldinho.


É em Tibaldinho que ainda hoje se pode encontrar maior número de bordadeiras ( e parece que foi sempre assim ).
No entanto o bordado de Tibaldinho tem vindo a decair de ano para ano e mais notoriamente nos últimos vinte e cinco anos, devido à proliferação dos tapetes tipo Arraiolos a cuja manufactura as bordadeiras de Tibaldinho se têm vindo a dedicar.
Antigamente as bordadeiras de Tibaldinho percorriam grandes distâncias, (geralmente a pé) para irem vender os seus bordados de porta em porta. Chegavam a ir até Mangualde, Viseu, Nelas, Caldas da Felgueira, Carvalhal de Alva, S. Pedro do Sul e , até Luso e Buçaco. Algumas bordadeiras iam trabalhar aos dias (por vezes às semanas e aos meses…) para as casas ricas da região, a bordar os enxovais das noivas. Eram executados lençóis, almofadões, almofadas, aventais de servir à mesa, jogos de quarto e sala de jantar, toalhas, e panos decorativos em diversas dimensões e formatos (rectangular, quadrangular e circular).
A toalha de Páscoa, de grande tradição na Beira Alta, era das mais bordadas, assim como as toalhas de baptizado.

Tibaldinho Antigo_____ Tibaldinho Regional



Tibaldinho Moderno









Em Tibaldinho tanto se borda Regional como Moderno.

Estes bordados eram originalmente executados em linho caseiro ou algodão (tipo lençol ). No bordado utilizavam-se fios de algodão baço, embora, em alguns exemplaresantigos já apareça o algodão ligeiramente mercerizado. Actualmente são empregues os materiais que a seguir se descrevem:


Linhas: Actualmente são chamadas de "linhas de lustro".

Panos: Os bordados mais antigos eram executados em linho de fabricação caseira, facilmente reconhecida pela estreiteza e urdidura. Eram ligados à mão em ponto de “luva”. Actualmente utilizam-se os panos comerciais.

Agulhas: Empregam-se agulhas normais, de preferência do tipo mais curto.

Luva: Pequena almofada que a bordadeira usa sobre os joelhos, feita de trapos, de forma oval arredondada com uma dobra num dos lados.

As bordadeiras de Tibaldinho trabalham normalmente ao ar livre, sentadas nos degraus de suas casas (ou lá perto...)




2 Comments:

At 24 May, 2006 15:17, Anonymous Anonymous said...

Porque não fazes uma entrevista às bordadeiras? Ehm? Parece-me bem! Beijo

 
At 14 December, 2007 09:34, Anonymous Nuno pereira said...

Ola pessoal
Gostei mt de vos ver e saber que não deixam acabar nada.
Boa sorte

 

Post a Comment

<< Home